Acesse aqui: Plataforma Logística | Internet Banking | Acesso ao Target TMPay

Não realizamos mudanças e não solicitamos códigos por telefone. Ainda com Dúvidas? Acesse nossas dicas de segurança.

Por que o Last Mile é importante para a logística?

Por que o Last Mile é importante para a logística?

Last Mile, significa “Última Milha”, ou seja, a última etapa de transporte pela qual determinados produtos passam, é o momento em que a entrega sai do centro de distribuição para o consumidor final.

Esse termo vem ganhando destaque porque é nessa etapa onde há o maior custo com transporte de cargas para a maioria das empresas no Brasil. 

No universo da logística, esta etapa é um desafio crucial e mais do que entender, é necessário conseguir implementar nesse momento com eficiência, pensando na fidelização de clientes.

A fase que os itens saem dos centros de distribuição e percorrem o trajeto até chegar aos consumidores parece simples, mas não é. Afinal, é quando pode-se colocar tudo a perder.

Continue neste artigo para entender melhor o assunto e seus benefícios na logística.

Cenário do last mile na logística 

O last mile é muito importante para o TRC, além de ser a etapa que mais pesa nos custos de entrega, costuma também ser um dos únicos meios de contato direto entre uma empresa e os consumidores. Onde é essencial impactar a experiência do cliente.

Como implementar e ter benefícios?

1- Redução de custos

Pode ser um processo caro, se não tiver uma boa estratégia de otimização, com o uso de ferramentas que auxiliem na gestão, você pode ter problemas futuros.

Invista em controle, visibilidade e integração de dados e processos, para agregar setores e realizar essa parte da entrega de maneira eficaz.

Um exemplo é utilizar uma roteirização, que possibilita à logística encontrar as melhores rotas, reduzindo custos com combustível, pedágio e outros pontos necessários quando o motorista está nas estradas.

2- Analise os processos

Antes de implementar, mapeie o ciclo logístico em uma empresa para entender exatamente como eles são conduzidos.

Alguns processos da entrega:

  • Gestão de pedidos;
  • Gestão de estoque;
  • Planejamento de rotas;
  • Monitoramento de inventário;
  • Separação, embalagem e coleta do item.

Procure definir um planejamento estratégico para suas entregas, de modo a torná-las parte de um procedimento com etapas e responsabilidades predefinidas. Após isso, o gestor está pronto para implementar de maneira eficaz. 

E dessa forma, é possível analisar os indicadores mais importantes e estar atento no desempenho do negócio.

3- Satisfação do cliente

Se a empresa não corresponder às expectativas na etapa de entrega ao cliente, é possível prejudicar a experiência do usuário.

Outro desafio é compartilhar informações detalhadas sobre o transporte da mercadoria até a previsão de entrega. A falta desse monitoramento pode gerar insatisfação.

Com a “última milha” otimizada, a empresa se conecta aos clientes de forma rápida, entregando com eficiência e se destacando dos concorrentes.

Qual a importância da integração com o hub logístico?

O hub logístico é uma parte do mercado que atende, especificamente, necessidades das organizações, do início até o final, etapa “Última Milha”.

Os hubs logísticos não tratam apenas de montagem de produtos, mas sim de fabricação, montagem, organização e transporte nacional e internacional. Esta estratégia logística é importante, pois garante a eficiência das operações de entrega.

A utilização do hub logístico pode trazer benefícios para a gestão, pois facilita e agiliza a realização das entregas. Além disso, esse processo cria uma melhor experiência para o consumidor, que consegue adquirir seu produto em menos tempo.

Não podemos deixar de fazer uma redução significativa nos gastos com estrutura de armazenamento, pessoal e combustível, caso opte pela contratação de um hub.

Sua empresa está preparada para investir nessa melhoria logística?
Acesse o Blog do Trecho e continue informado sobre gestão de negócios.

Rapidinhas do Target Bank

Quais são as 03 fases da logística?

Existem três fases fundamentais, são elas: First Mile, Middle Mile e Last Mile, que desempenham papéis diferentes, mas conectados, no processo logístico.

First Mile é a primeira etapa que envolve a coleta, consolidação e preparação inicial dos produtos para serem encaminhados para a próxima etapa do processo logístico.

Middle Mile é a fase onde os produtos são transportados dos centros de distribuição para outras instalações. Nessa etapa prioriza a movimentação eficiente e a consolidação de cargas para otimizar os transportes de cargas.

Last é a etapa final, como mencionamos neste artigo.

O que faz um profissional de last mile hub?

É o responsável que atua com elaboração de indicadores de desempenho (KPI’s), rotinas logísticas, estoque, controle de processos de armazenagens.

HUB é o centro de logística de uma transportadora, ou seja, local onde se concentram os fluxos de importação e exportação da mesma, seja ela aérea ou rodoviária.

Inscreva-se para acompanhar nossas novidades!

Quem leu esse artigo também gostou de:

Maio Amarelo e os cuidados no transporte de cargas - Target Bank
Target Log
Target Bank

Maio Amarelo e os cuidados no transporte de cargas

Maio Amarelo é um movimento de conscientização sobre a segurança no trânsito, com o objetivo de alertar a população sobre a importância de respeitar as leis de trânsito e adotar comportamentos mais seguros nas vias públicas. Um assunto importante para os envolvidos no transporte de cargas. 

Leia mais

SAC Caminhoneiros

(21) 3030-9100
Capitais

0800-282-22-12
Demais localidades

SAC Contratante

(21) 3500-5111

SAC Rede Credenciada
Target TMPay

(21) 3995-3495
  • Av. Embaixador Abelardo Bueno, 1111, Barra da Tijuca, Rio de Janeiro, RJ, 22775-039
  • Canal de Ética
  • Código de Ética
  • Política de Privacidade
  • CIOT Gratuito
  • Rendimento CIOT

Quer receber mais conteúdos que vão te deixar informado sobre o Transporte de Cargas?

Inscreva-se na nossa Newsletter