Acesse aqui: Plataforma Logística | Internet Banking Logística | Rede Credenciada

Transportadora está com problemas? Confira estes 3 sinais

3 sinais de que sua transportadora está com problemas

Transportadora está com problemas? Para conhecer os sinais de que há algo errado, primeiro você precisa conhecer bem o seu negócio.

Ter uma empresa no Brasil pode ser um desafio, principalmente quando nossas taxas de fechamento de empresas são tão grandes. Segundo dados do IBGE de 2018, foram 762,9 mil empresas encerrando atividade naquele ano. Durante 2020, foram 1,04 milhões de empresas.

No ano passado, o setor de transportes precisou enfrentar muitos novos desafios com a paralisação das atividades produtivas por conta da pandemia. Segundo reportagem do Estadão, durante o primeiro trimestre o setor de cargas paralisou, mas passou a reaquecer com alguns desafios a partir do terceiro trimestre.

Para voltar a crescer e acompanhar o mercado, não é só a demanda que uma transportadora precisa.

Você reconhece os sinais de que sua transportadora está com problemas?

Separamos alguns sinais e indicativos para ter em mente. Além de acompanhar o mercado você também precisa acompanhar suas métricas internas.

Resolva a reclamação de clientes

Aumento da competitividade no livre mercado é normal e saudável.

Novas empresas surgem todos os anos e com elas, modelos produtivos mais inovadores. 

Por isso que se seus clientes não estiverem satisfeitos com o seu serviço, eles simplesmente vão procurar seu concorrente. Ou seja, se há muitas reclamações de clientes, este é o primeiro sinal vermelho de que sua transportadora está com problemas.

Isso significa que você não só precisa de uma boa relação com sua clientela, mas também focar na qualidade do seu serviço e atendimento.

Vamos pensar juntos? Confere a lista abaixo e responda mentalmente se você costuma receber as seguintes reclamações:

  • tempo total do transporte
  • produto entregue com defeito
  • entregas fora do prazo estipulado
  • reincidência de reclamações
  • qualidade no seu atendimento ao cliente

Se sua resposta foi sim para pelo menos um desses itens, reveja seus processos.

Para isso, procure um parceiro de confiança que te ajude a não só melhorar seu serviço, mas também automatizá-lo. Dessa forma, você garante também uma maior rentabilidade, o que nos leva para o próximo ponto.

Transportadora está com problemas: Como anda sua rentabilidade?

Sabemos que a rentabilidade da sua transportadora varia de acordo com a carga que transporta. Algumas mercadorias com pesagem muito alta irão exigir maior investimento em manutenção do veículo. Mas independente do tipo de carga que você transporte, você consegue ter uma previsão de custos e lucro para programar o fim do mês.

Caso seus custos estejam desproporcionais, sua rentabilidade será baixa ou até negativa. E fechar o caixa no vermelho não deveria ser opção para nenhum gestor. Principalmente se uma parte considerável desse custo vier do setor logístico.

Alguns problemas comuns para transportadoras com baixa rentabilidade são:

  • custos de manutenção de veículo desnecessários
  • endividamento para compra de equipamento
  • falta de investimento em processos automatizados
  • gastos com multas 

Para ter maior controle sobre seus gastos e evitar que as contas fechem no vermelho, é preciso trabalhar em cima dos seus principais pontos de atenção. Então primeiro faça uma varredura nas suas contas e identifique quais custos estão saindo muito do planejamento, e depois crie algumas ações para combatê-los.

Para te ajudar a organizar melhor suas contas, temos aqui no blog alguns conteúdos sobre o assunto. Você pode conferir nos links abaixo.

Falta de clareza sobre operações

Um ponto que afeta especialmente seu fluxo de caixa é a falta de clareza sobre suas operações logísticas. Tenha controle sobre a qualidade e quantidade das entregas feitas, bem como a satisfação da equipe e execução de processos condizentes com o tamanho da sua operação. Além disso, conhecer a legislação e se atualizar sobre as mudanças no mercado são duas ações essenciais.

Por exemplo, você está a par de todas as mudanças previstas com a implementação do novo DT-e?

Planeje sua atividade ideal e mapeie os processos que sua empresa deveria executar, depois compare um com o outro. Se a realidade estiver muito distante do planejamento, pergunte: meu planejamento é realista ou minha realidade que é deslocada?

Por exemplo, uma ação com grande impacto é a gestão de multas, que pode evitar custos desnecessários e imprevistos para o seu caixa.

Se sua transportadora está com problema, você precisa corrigir os pontos acima e principalmente trazer seus clientes e funcionários para perto da gestão. Acompanhe os indicadores de satisfação de todos e, mais importante, mantenha sua rentabilidade positiva. Assim você consegue sair do problema e ganhar um respiro maior para crescer.

banner-manual-do-caixa-positivo

Inscreva-se para acompanhar nossas novidades!

Quem leu esse artigo também gostou de:

Seguro para frota
Target Log
Target Bank

Seguro para frota: o que você precisa saber

Seus motoristas até podem estar bem instruídos e conscientes na prática da direção defensiva, mas o seu veículo ainda está sujeito a outros riscos. Por isso a contratação de seguro para frota é essencial para sua empresa!

Leia mais

Target Bank

SAC Caminhoneiros

(21) 3030-9100
Capitais

0800-282-22-12
Demais localidades

SAC Contratante

(21) 3500-5111

  • Av. Embaixador Abelardo Bueno, 1111, Barra da Tijuca, Rio de Janeiro, RJ, 22775-039
  • Canal de Ética
  • Código de Ética
  • Política de Privacidade
  • CIOT Gratuito
  • Rendimento CIOT

O Target Bank não realiza qualquer atividade privativa de instituições financeiras, como financiamentos e/ou empréstimos. Essas operações são realizadas por meio de agentes bancarizadores parceiros que são devidamente autorizados pelo Banco Central do Brasil (Bacen) a atuarem como credores em favor de terceiros.

Informações complementares referentes ao Empréstimo: valor mínimo R$1.000,00 e máximo de R$2.000.000,00. Prazo de pagamento de 1 a 60 meses. Taxa de juros pode variar de 1,29% a.m. a 4,50% a.m. Antes de contratar sua linha de crédito, consulte custo efetivo total, as taxas de juros, tributos, tarifas, pagamentos a terceiros, seguros e demais condições específicas.
Exemplo: Empréstimo de R$190.000,00 para pagar em 30 dias, com juros de 1,59% a.m., CET de 28,3783% ao ano, índice de correção monetária: prefixado, juros de R$3.036,27, IOF de $960,53 e total a pagar de R$193.996,80.”