Acesse aqui: Plataforma Logística | Internet Banking | Acesso ao Target TMPay

Não realizamos mudanças e não solicitamos códigos por telefone. Ainda com Dúvidas? Acesse nossas dicas de segurança.

Como se proteger dos golpes bancários mais comuns

Golpes bancários

Golpes bancários são ações fraudulentas realizadas para obter dados pessoais e financeiros, de pessoas ou empresas. 

Geralmente aplicados por meio do engano e persuasão, visando a apropriação de informações. O setor bancário e de meios de pagamento são os que mais sofrem com ataques golpistas. 

Os métodos normalmente são os mesmos, o bandido se passa por um atendente e tenta enganar a vítima usando características do banco, até a música de espera da ligação pode ser a mesma. Depois de ganhar a confiança do cliente, as abordagens são variadas e tudo vira pretexto para o criminoso levar a pessoa a fazer a transação que ele deseja.

Continue neste artigo para saber mais sobre os principais golpes do mercado e como se defender. 

1- Falsa central de atendimento

O fraudador se passa por um funcionário da instituição financeira para relatar problemas na conta, como: invasão, conta clonada, etc. E em seguida, ele pede os dados pessoais da vítima.

O banco nunca liga para os clientes pedindo informações pessoais e de segurança (senha, número do cartão) ou para realizar qualquer tipo de transação bancária. Se receber esse tipo de ligação, desconfie e entre em contato com a sua instituição financeira, através dos canais oficiais. 

2- Falso motoboy

A vítima recebe uma ligação do golpista, que se passa por um funcionário do banco, afirmando fraude no cartão, ele solicita a senha e pede que o cartão seja cortado sem danificar o chip. 

Em seguida, o golpista chega para retirar o cartão e como o chip está intacto (mesmo com o cartão cortado), eles o levam para realizar transações e furtar todo o dinheiro da vítima.

Se receber uma visita ou ligação como essa, não entregue nada e ligue imediatamente para o seu banco. 

3- Link e página falsa

Um golpe antigo, mas que ainda faz efeito nos mais desatentos, ofertas atrativas são enviadas por e-mail, rede social, WhatsApp ou SMS para a vítima. Esses links encaminham para um site falso, criado para colher dados, como CPF, conta, cartões e senhas. 

Essas mensagens também podem instalar vírus e aplicativos que roubam seus dados, permitindo que os golpistas façam o rastreamento de todas as suas contas.

Não clique em links recebidos por desconhecidos, e os códigos de segurança enviados por SMS não devem ser informados a ninguém, nenhum funcionário irá solicitar esse dado. 

4- Cadastro do Pix

Esse golpe ocorre desde o surgimento do Pix, que é uma das formas de pagamento mais usadas no país. 

A pessoa recebe e-mails e SMS em nome da falsa instituição financeira, convidando o consumidor a cadastrar chaves Pix para ativar pagamentos e recebimentos. 

Ao clicar nos links enviados, os anúncios levam para sites falsos, com layout igual ao de bancos conhecidos. O texto costuma ser bem persuasivo e traz argumentos válidos e verdadeiros sobre as vantagens do Pix. A vítima preenche um cadastro com as supostas chaves do Pix e os criminosos passam a ter acesso aos dados pessoais para realizar fraudes. 

A recomendação para identificar esse tipo de golpe do Pix é estar atento para o procedimento adotado pela sua instituição financeira. Os bancos não entram em contato com os correntistas para solicitar o cadastro do Pix, mas oferecem a possibilidade toda vez que o cliente acessa o aplicativo ou o site de internet banking.

5- WhatsApp

Muitos golpes são aplicados pelo aplicativo de comunicação, é comum que os golpistas peçam o envio de fotos do cartão de crédito alegando algum problema bancário para roubar as informações e realizar a clonagem. 

Outro golpe é o do amigo pedindo dinheiro, quando o bandido consegue acessar o seu WhatsApp, ele pede dinheiro emprestado. O criminoso se passa por você, usando a foto de perfil e informando aos seus contatos que você mudou de número. 

6- Atualização de cadastro

O fraudador costuma entrar em contato informando que há irregularidades nos seus dados cadastrais e solicita dados pessoais para serem usados de maneira incorreta e prejudicial.

Nunca compartilhe suas informações, você pode atualizar seus dados pelo aplicativo do banco ou se preferir, indo presencialmente até a agência.

O que fazer se cair em golpes bancários?

Algumas ações devem ser adotadas rapidamente ao perceber que foi vítima de um golpe bancário, para minimizar ou até impedir os danos. 

O primeiro passo é cancelar cartões que possam ser usados pelos criminosos, essa solicitação pode ser feita pelo telefone, na central do emissor do cartão, ou até mesmo via aplicativo móvel.

Outra ação indispensável é registrar um boletim de ocorrência junto à polícia. Esse registro serve como comprovação do fato caso seja necessário posteriormente. Pode ser necessário para solicitar uma nova via do cartão, por exemplo, ou isentar você de responsabilidade por compras e outras despesas feitas em seu nome após o golpe.

Como se proteger de golpes?

  • Sempre que suspeitar de algo, entre em contato com a sua instituição financeira através dos canais oficiais;
  • Os bancos ligam para os clientes para confirmar transações suspeitas, mas não pedem dados como senhas, token e outros dados pessoais durante as ligações;
  • Não acesse links suspeitos ou promoções enviadas por mensagem;
  • Mantenha seu dispositivo com as últimas atualizações de segurança e antivírus;
  • Evite usar a opção “salvar senha” em dispositivos, navegadores, sites e aplicativos.

Tire suas dúvidas sobre questões de segurança e privacidade na central de ajuda do Target Bank 

Temos muito cuidado quando o assunto é proteção, adotamos políticas, normas e procedimentos que visam garantir a segurança da informação, reduzindo-se os riscos, os danos e/ou os prejuízos que possam comprometer a imagem e os objetivos dos nossos clientes e organização. 

O Target Bank não solicita senha, dados de acesso ou Token de validação com argumento de inclusão de serviços. Se receber algum tipo de contato em nosso nome, confirme a veracidade com o seu consultor comercial ou com o time de operações do Target Bank.

Caso o contato seja por telefone ou whatsapp, certifique-se de que o número está salvo em seus contatos, sabemos que existem golpes onde a foto é clonada e o número é modificado, caracterizando crime de falsidade ideológica.

Esteja sempre atento aos nossos canais oficiais, golpistas tem criado domínios parecidos com esses:

  1. https://targetbank.com.br
  2. https://transportesbra.com.br
  3. https://minhaconta.targetcontadigital.com.br
  4. https://minhaloja.tmpay.com.br

O caminho da prevenção é o mais seguro. Juntos contra golpes e fraudes!

Rapidinhas do Target Bank

O que é clone phishing?

Neste ataque, os criminosos fazem uma cópia de emails anteriormente enviados pelas empresas, que contenham um link ou um anexo. Depois, trocam os links ou ficheiros anexos por substitutos maliciosos, disfarçados de elementos verdadeiros.

Os clientes clicam no link ou abrem o anexo e sem saber permitem que o sistema seja invadido e os dados roubados.

O que significa política de segurança da informação externa?

A segurança de dados diz respeito aos meios de proteção que uma organização está adotando para impedir que terceiros não autorizados acessem os seus dados.

Tem como objetivo o cumprimento da transparência em relação às partes interessadas sobre as atividades relacionadas à segurança da informação. O conhecimento dessa política é importante, pois garante a segurança de todas as partes interessadas.

Inscreva-se para acompanhar nossas novidades!

Quem leu esse artigo também gostou de:

Maio Amarelo e os cuidados no transporte de cargas - Target Bank
Target Log
Target Bank

Maio Amarelo e os cuidados no transporte de cargas

Maio Amarelo é um movimento de conscientização sobre a segurança no trânsito, com o objetivo de alertar a população sobre a importância de respeitar as leis de trânsito e adotar comportamentos mais seguros nas vias públicas. Um assunto importante para os envolvidos no transporte de cargas. 

Leia mais

SAC Caminhoneiros

(21) 3030-9100
Capitais

0800-282-22-12
Demais localidades

SAC Contratante

(21) 3500-5111

SAC Rede Credenciada
Target TMPay

(21) 3995-3495
  • Av. Embaixador Abelardo Bueno, 1111, Barra da Tijuca, Rio de Janeiro, RJ, 22775-039
  • Canal de Ética
  • Código de Ética
  • Política de Privacidade
  • CIOT Gratuito
  • Rendimento CIOT

Quer receber mais conteúdos que vão te deixar informado sobre o Transporte de Cargas?

Inscreva-se na nossa Newsletter