Acesse aqui: Plataforma Logística | Internet Banking | Acesso ao Target TMPay

Não realizamos mudanças e não solicitamos códigos por telefone. Ainda com Dúvidas? Acesse nossas dicas de segurança.

Obrigatoriedade do exame toxicológico para motoristas

Obrigatoriedade do Exame Toxicológico para motoristas.

Em 2015, a Lei n° 13.103, mais conhecida como Lei do Caminhoneiro ou Lei do Motorista, trouxe regras para a Carteira Nacional de Habilitação (CNH) e estabeleceu condições que qualificam a profissão, inclusive, dos que atuam no Transporte Rodoviário de Cargas. Uma das exigências da Lei, é o exame toxicológico, para todo motorista que mantém ou pretende obter a CNH nas categorias C, D ou E. 

Os exames voltaram a ser exigidos e em outubro de 2023, a lei 14.599 afirma que os condutores de veículos de carga, ônibus e outros, que não realizarem exames toxicológicos a cada dois anos e meio, serão punidos com infração gravíssima e multa.

Tem dúvidas sobre o exame toxicológico? Continue neste artigo!

Como funciona o exame toxicológico?

O exame só pode ser realizado em laboratórios credenciados pelo Departamento Nacional de Trânsito (DENATRAN). Uma fina mecha de cabelo, unha ou pelos de uma parte do corpo (peito, pernas, braços, axilas) são coletados de modo indolor, livre da utilização de agulhas e não requer nenhum tipo de preparação prévia.

O objetivo é detectar o uso de alguma substância psicoativa dentro de um período prolongado, variando de 90 a 180 dias, que comprometa a capacidade de condução do veículo, proporcionando segurança nas estradas.

No toxicológico é possível adquirir mais informações do que nos exames tradicionais de sangue ou de urina, por exemplo, identificando se há ou não a presença de entorpecentes.

São substâncias específicas procuradas no respectivo exame, sendo elas:

  • Anfetamina
  • Cocaína e derivados
  • Codeína
  • Ecstasy
  • Maconha e seus derivados
  • Metanfetaminas
  • Heroína
  • Morfina

Nem todas as substâncias detectadas pelo exame toxicológico são ilícitas, algumas podem ser prescritas por um médico para tratamentos específicos. Nesses casos, o motorista deverá apresentar a receita médica no momento da coleta, para justificar o uso como tratamento médico e se exame der positivo, ficará impossibilitado de seguir com o processo de renovação ou adição da CNH.

Quais as consequências se o exame toxicológico der positivo?

O pedido de adição ou renovação das categorias da CNH ficará suspensa, podendo realizar novo exame após 90 dias.

Em caso de resultado positivo na pré-admissão ou exames periódicos, cabe ao empregador tomar ciência do fato, os devidos cuidados e providências necessárias de acordo com as normas da empresa. 

Alterações na Lei do exame toxicológico em 2023

Condutores da categoria C, D ou E que forem flagrados dirigindo sem realizar o exame toxicológico ou com a CNH suspensa por resultado positivo, sofrerão penalidades.

A Secretaria Nacional de Trânsito (Senatran) deverá enviar notificação eletrônica aos condutores das categorias C, D e E, comunicando-lhes o vencimento do prazo para a realização do exame com 30 dias de antecedência da validade para a renovação. Se a regularização não for identificada até o prazo, o motorista será automaticamente penalizado com 7 pontos na carteira e multa de R$ 1.467,35.

Se tornou responsabilidade e competência dos DETRANs de cada estado e do Distrito Federal a aplicação da multa de forma automática. Em caso de reincidência no período de até 12 meses, a multa é de R$ 2.934,70 e suspensão do direito de dirigir por três meses.

Além disso, a não realização do exame toxicológico para obtenção e renovação da CNH impedirá o condutor de conseguir a habilitação até a apresentação de resultado negativo no exame.

O exame toxicológico é uma forma de proteger a todos 

O custo para a realização do exame é relativamente baixo e será válido por um período de 2 anos e meio. Ainda é preciso considerar que esse investimento financeiro, é para garantir uma maior segurança para todos.

Existem empresas que deixam os condutores utilizarem substâncias psicoativas, a fim de cumprir jornadas exaustivas de trabalho. A lei vem para garantir proteção aos motoristas que trafegam corretamente, a obrigatoriedade do exame é um meio de fiscalizar também 

A lei do exame toxicológico existe para proteger a vida não só dos motoristas profissionais, mas de todos que circulam diariamente pelas rodovias e estradas do país.

Prorrogação dos prazos para Exame Toxicológico – CONTRAN

De acordo com a Deliberação Nº 272, datada de 25 de janeiro de 2024, os motoristas profissionais que possuem habilitação nas categorias C, D e E, e que perderam o prazo inicial para realizar o exame em 28 de dezembro de 2023, terão a oportunidade de realizar o exame toxicológico em novas datas.

O Contran estabeleceu a data limite para a realização do exame com base na validade da CNH:

  • Para condutores com validade da CNH entre janeiro e junho, o prazo é até 31 de março de 2024.
  • Para condutores com validade da CNH entre julho e dezembro, o prazo é até 30 de abril de 2024.

Mantenha-se informado: Os motoristas são notificados por alertas na tela inicial do celular, mensagens na central de mensagens da Carteira Digital de Trânsito (CDT) e na área específica do exame toxicológico no aplicativo.

Além disso, a Secretaria Nacional de Trânsito (Senatran) vai enviar mensagens por e-mail a todos os condutores cadastrados no sistema.

Rapidinhas do Target Bank

Ficar perto de quem consome droga afeta o resultado do exame?

Permanecer próximo de alguém que esteja consumindo droga, não oferece risco de alteração no resultado do exame. Pois, somente a parte interna do cabelo ou pelo, onde se depositam os metabólitos, por meio da irrigação sanguínea, é analisada.

Quem precisa fazer o exame toxicológico para renovar a CNH? 

Os exames toxicológicos são obrigatórios para motoristas com CNH das categorias C, D ou E. 

Pessoas com menos de 70 anos devem realizar os exames a cada 2 anos e 6 meses, e acima de 70 anos devem realizar a cada 1 ano e 6 meses. Os prazos são contados a partir da data de emissão ou renovação da carteira. Dessa forma, é obrigatória a comprovação de resultado negativo em relação a substâncias psicoativas mesmo que a carteira esteja dentro do período de validade.

Gostou do conteúdo? Continue acompanhando o Blog do Trecho para se manter informado.

Inscreva-se para acompanhar nossas novidades!

Quem leu esse artigo também gostou de:

Maio Amarelo e os cuidados no transporte de cargas - Target Bank
Target Log
Target Bank

Maio Amarelo e os cuidados no transporte de cargas

Maio Amarelo é um movimento de conscientização sobre a segurança no trânsito, com o objetivo de alertar a população sobre a importância de respeitar as leis de trânsito e adotar comportamentos mais seguros nas vias públicas. Um assunto importante para os envolvidos no transporte de cargas. 

Leia mais

SAC Caminhoneiros

(21) 3030-9100
Capitais

0800-282-22-12
Demais localidades

SAC Contratante

(21) 3500-5111

SAC Rede Credenciada
Target TMPay

(21) 3995-3495
  • Av. Embaixador Abelardo Bueno, 1111, Barra da Tijuca, Rio de Janeiro, RJ, 22775-039
  • Canal de Ética
  • Código de Ética
  • Política de Privacidade
  • CIOT Gratuito
  • Rendimento CIOT

Quer receber mais conteúdos que vão te deixar informado sobre o Transporte de Cargas?

Inscreva-se na nossa Newsletter